Não é associado? Associe-se
Recuperar minha senha

Participe: Consulta Pública 41 - Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Doença de Crohn

Autor: GEDIIB | Publicado em: 31/08/2017

Como é de conhecimento de todos está aberta a consulta pública numero 41 , até dia 05/09/2017,   para que a Sociedade em Geral possa contribuir com sugestões/contribuições quanto:

Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Doença de Crohn

 

Conforme publicação no site da CONITEC as contribuições podem ser de cunho técnico-científico como também por parte de pacientes e seus responsáveis para que relatem suas experiências no uso de medicamentos, produtos e/ou procedimentos.

Segue o link para a contribuição : http://conitec.gov.br/consultas-publicas

 

Sabemos do importante papel e representatividade que o GEDIIB e o especialista gastroenterologista em DII tem diante das tomadas de decisão por parte do nosso governo  com relação as políticas de saúde e diretrizes.

 

Sabemos que, em relação aos biológicos,  mecanismos de ação diferenciados se demonstram eficazes para a Doença de Crohn  e estas alternativas terapêuticas são importantes para o manejo desta doença junto aos pacientes pela inclusão das mesmas no rol da ANS.

 

Certolizumabe  pegol é aprovado pela ANVISA,  para  Doença de Crohn.

 

A eficácia e a segurança de CZP foi avaliada ao longo de mais 15 anos de implementação do programa de desenvolvimento de estudos pivotais nas indicações de Doença de Crohn, Artrite Reumatoide,  Espodiloartrite axial, Artrite Psoriasica como também através de informações referentes ao período de pós comercialização ao longo dos últimos 10 anos.  

 

Expostos os dados resultantes dos estudos pivotais ,  revisões sistemáticas e meta-análises, conclui-se que o Certolizumabe Pegol apresenta resposta clínica e da remissão da Doença de Crohn assim como da manutenção da resposta e da remissão em pacientes adultos com doença ativa de moderada a grave que tiveram resposta inadequada a terapia convencional. Além disso, tendo em vista os resultados apresentados pelo estudo, é possível dizer que o certolizumabe pegol não é inferior aos demais agentes, ou seja, tem eficácia equivalente ao do infliximabe e do adalimumabe. Os dados resultantes do estudo PRECISE 3  - Long-term safety and efficacy of certolizumab pegol in the treatment of Crohn’s disease: 7-year results from the PRECiSE 3 study  - suportam ainda a afirmação de que, assim como no curto prazo, o Certolizumabe Pegol é também eficaz e seguro no longo prazo.

Certolizumabe pegol também demonstrou no seu programa de desenvolvimento clinico para Doença de Crohn proporcionar a melhora da qualidade de vida dos pacientes de forma significativa.

Quanto a avaliação de segurança não foi encontrado nenhum novo sinal a além dos padrões já estabelecidos quanto a segurança de certolizumabe pegol.

 

Acreditamos ser um momento oportuno para que a sociedade medica se manifeste para reforçar a importância da disponibilização de certolizumabe pegol para o manejo do paciente com Doença de Crohn, sendo este com perfil de eficácia e segurança estabelecidos.

 

Acreditamos, à luz das evidências de estudos clínicos, alguns deles com a participação de centros de pesquisa no Brasil,  que Certolizumabe pegol tem muito a contribuir com os pacientes brasileiros  , beneficiando-os no alivio da dor, na melhora da qualidade  de vida e retardando a progressão da doença.