Não é associado? Associe-se
Recuperar minha senha

Quais alimentos devem ser evitados?

Autor: GEDIIB | Publicado em: 01/08/2017

Não há um conjunto de regras ou recomendações. 

Se um tipo específico de alimento causa problemas digestivos, é melhor evitá-lo. Entretanto, é importante distinguir entre alergia e intolerância alimentar. 

Muitas pessoas têm intolerância a acertos alimentos mais comumente que alergias. Na verdade, um diário que registre os hábitos alimentares pode apontar quais alimentos trazem problemas, e também revelar se a dieta está proporcionando a quantidade adequada de nutrientes. 

Analisando o diário pessoal de controle da alimentação, o nutricionista observará se as ingestões das porções diárias são recomendáveis para uma pessoa de acordo com idade, sexo e estrutura física. 

Ele pode auxiliar na formulação de uma dieta equilibrada, à ingestão de nutrientes. 

Isso pode significar um aumento na quantidade de comida ingerida, mudança dos alimentos ingeridos ou a adição de suplementos à dieta. 

E importante lembrar que não é apenas a quantidade de comida ingerida que garante uma dieta saudável. 

A alimentação diária precisa incluir uma quantidade adequada de calorias, proteínas e nutrientes. Uma dieta equilibrada é composta de todos os grupos de alimentos: Fontes de proteína: carne, peixe, aves e derivados do leite.

Fontes de carboidratos: pães, cereais, fécula, frutas e legumes;

Fontes de gordura: margarinas e óleos Vitamina D

A vitamina D é essencial para a boa formação dos ossos e para a metabolização do cálcio. A suplementação dessa vitamina deve ser de aproximadamente 800 I.U. por dia, especialmente em regiões menos ensolaradas e para as pessoas que sofrem da doença. Juntamente com as vitaminas A, E e K, a vitamina D é lipossolúvel, são vitaminas solúveis em gorduras, absorvidas no intestino humano com ajuda de sais biliares segregados pelo fígado; este tipo tende a ser menos facilmente absorvido do que as solúveis em água.