Não é associado? Associe-se
Recuperar minha senha

Salvador recebe o Mutirão da Doença inflamatória intestinal

Autor: GEDIIB | Publicado em: 16/07/2019

Salvador recebe nesta sexta-feira (19/07) o Mutirão da Doença Inflamatória Intestinal.

A ampla campanha de conscientização e prevenção para as Doenças Inflamatórias Intestinais (DIIs) promovida pelo Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil (GEDIIB), segue com o 5º Mutirão da Doença Inflamatória Intestinal em Salvador (BA), no dia 19 de julho, com a realização de 20 colonoscopias no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) e 10 colonoscopias no Hospital Universitário Professor Edgard Santos ( HUPES) . A triagem dos pacientes foi realizada anteriormente, nos ambulatoriais de DII de ambos os serviços .




O coordenador do Serviço de Endoscopia do HGRS, Dr. Igelmar Paes, juntamente com os médicos gastroenterologistas, Luciana Leal, Flora Fortes e Marcos Clarêncio fazem parte da organização do mutirão. Dr. Cláudio Vasconcelos, coordenador do serviço de Endoscopia do Hupes e da médica gastroenterologista, Dra Marina Pamponet na comissão organizadora do Hupes, explica que na Bahia há uma demanda muito reprimida de pacientes com DII aguardando colonoscopia pelo SUS e iniciativas como essa são muito bem vindas.

O 5º Mutirão da Doença Inflamatória Intestinal iniciou, em 2019, na cidade de Concórdia (SC), junto às ações do Maio Roxo, mês que, nas temáticas da saúde, recebe a cor roxa e tem o destaque para a prevenção e o diagnóstico precoce das DIIs. Nesta ação, foram agendados 25 exames de colonoscopia, porém, apenas 19 pacientes compareceram. Destes, 6 pacientes foram diagnosticados com DII e encaminhados para tratamento adequado.

Na sequência, será a vez da cidade de Manaus (17/09), cuja ampla ação recebeu forte apoio da Prefeitura Municipal e Secretaria de Estado da Saúde . Salvador é a terceira etapa, que, na sequência, terá ainda mais ações nas cidades de Brasília, em 25 de outubro, e Belo Horizonte, em 26 de outubro.

Sobre o GEDIIB

O GEDIIB é uma entidade médica sem fins lucrativos, com o objetivo de buscar, aprimorar e gerar conhecimento relacionado ao tratamento das doenças inflamatórias intestinais (DII). Fundado há 15 anos, o grupo segue ampliando sua atuação, sempre com o intuito de levar uma melhor qualidade de vida aos pacientes portadores de DII.